Home

Novidades

OLYMPIA ESGOTA PARA OUVIR O FADO DE AMÁLIA

Sem comentários Notícia

A mais mítica sala de espetáculos de Paris esgotou este domingo para ouvir o fado de Amália, 60 anos passados da primeira vez em que a maior diva da canção de Portugal atuou no Olympia.

Simone de Oliveira – acompanhada por Nuno Feist -, Jorge Fernando, Joana Amendoeira, Fábia Rebordão, Duarte, Pedro Moutinho, Anabela, Custódio Castelo, Cláudia Costa e Carlos Menezes foram os protagonistas de “CANTAR AMÁLIA”, o concerto de homenagem a Amália Rodrigues que teve lugar no Olympia no passado dia 9 de outubro.

Foi com a voz de Amália que as cortinas do palco do Olympia se abriram e se ouviu “Vida”, um tema gravado pela fadista em 1994, num dueto com Jorge Fernando – que assinou a direção musical deste espetáculo.

Dividido em duas partes, “CANTAR AMÁLIA” apresentou um formato original em que músicos e fadistas se mantiveram em cena durante as mais de duas horas em que se cantou e ouviu o fado. A solo, em dueto ou em uníssono, o concerto incluiu quase 40 fados que Amália imortalizou ao longo do seu percurso.

Simone de Oliveira, que havia sido convidada por Amália para a primeira parte do seu concerto no Olympia, foi a convidada especial. Uma plateia em pé aplaudiu entusiasticamente Simone que, com o seu modo muito próprio de interpretar, cantou a “Lágrima”, a “Gaivota”, “Meu amor, meu amor” e “L’Automne de notre amour”.

“CANTAR AMÁLIA” é uma ideia original de José Antunes, Diretor da Dyam Produções e promotor da cultura portuguesa do mundo, o qual irá levar o espectáculo a outros palcos do mundo, consagrando, em cada um deles, o nome de Amália Rodrigues.